06/04/2017

Casa silenciosa.

Por questões de saúde, hoje madruguei e vi que não podia passar sem ir ao médico. Saí de casa ainda não eram 7.30h. Pedi ao meu marido para despachar o pequeno que ainda dormia e deixa-lo na avó para eu puder descansar o resto do dia. Como já disse, estar doente é um "luxo" depois da maternidade que eu evito ao máximo mas eu também não sou de ferro. Na verdade, um dos problemas é a falta de ferro, ando com anemia e isso faz-me sentir mais cansada que o normal. E tendo um pintainho em casa queixoso dos ouvidos, só a pedir colo, torna-se complicado ter forças para tudo.

Vim para casa, deitei-me e pensei: o miúdo hoje ainda não me viu. Fiquei com remorsos. Adeus descanso. Almocei sozinha e senti-me tão só (e eu que aprecio uma refeição descansada!). O silêncio nesta casa incomodou-me ao longo do dia, tive de sair, aproveitar para ir às compras. Sair sem ele não me faz confusão, mas estar em casa sem ele, sem a algazarra do costume, fez-me deprimir. Esta casa não é a mesma sem ele.


4 comentários:

Gorduchita disse...

É algo que custa mas a que temos de nos ir habituando. Para nosso bem e deles, que tb precisam de outros ares, outras companhias!

Gorduchita disse...

As melhoras! beijinhos

VerdezOlhos disse...

Melhoras rápidas =)
Acredito que nem pareça a mesma coisa mas também sabe bem estares mais descansada quando tem de ser. Cuida-te!
Beijinhos

PINTA ROXA disse...

Espero que já estejas bem. Qaunto à anemia tenho uma cronica. ainda hoje o meu almoço foi figado de vitela com espinafres e beterraba. Não melhora, mas ajuda muito no meu caso. Já este ano fiz duas tomas de ferro intravenosas, os valores sobem um bocadinho mas rápidamente descem para valores abaixo dos minimos. Há dias em que é tão fificil manterme activa.
Quanto a filhos, quando a casa está vazia até parece que a ouço a chamar por mim...
Pinta