22/03/2017

A sorte que eu tenho.

Às vezes pergunto-me que raio de sorte a vida me deu - era suposto a vida ser uma verdadeira montanha-russa? - mas depois calo-me quando estou ou penso nas minhas pessoas. Quando olho para fotografias como esta que resumem a minha sorte e felicidade.

[Obrigada pela sorte de ter pais com P grande: o meu, da minha mãe, e do meu filho! Aos homens da minha vida.]

5 comentários:

Ellie disse...

E os nossos são mesmo o que de mais importante temos na vida. :)

A Pimenta* disse...

Se tens essa sorte, é porque bem a mereces!

Maria do Mundo disse...

Eu vivo num constante estado de gratidão. Sobretudo, agora que trabalho na área da família e dos menores e vejo coisas inemagináveis.

♥Cat disse...

Que bom!
Eu também sou muito agradecida pelo que a vida me dá (apesar dos altos e baixos).

VerdezOlhos disse...

Que assim seja sempre: abençoada :)
Beijinhos