03/11/2015

Vamos falar sobre prematuridade?


Este mês, vários países (Empire State Building - NY; Brandenburg Gate - Berlim; Niagara Falls - Canadá; Florença - Itália; Cristo Rei - Portugal; etc) vão se iluminar de roxo como forma de sensibilização para questões sobre a prematuridade. Estima-se que 1 em cada 10 bebés nasce prematuro. Em todo o mundo.


Durante estes dias irei relatar a minha experiência enquanto mãe de um bebé prematuro. Acho que é uma necessidade de quem passa por isso. Precisamos de desabafar, de partilhar toda esta experiência que nos marca para sempre! É algo que ninguém espera nem sabe com o que pode contar. É ter de lidar com a imprevisibilidade da vida. É um misto de sentimentos. Lidamos com o medo e a angústia da condição «prematuro» dos nossos filhos, tal como a alegria e a felicidade de tê-los ao nosso lado e vê-los vencer uma nova etapa.
Para quem tiver curiosidade, tenha passado por isso ou queria estar informado para o que poderá acontecer em caso de parto prematuro - eu não estava minimamente consciente sobre estas questões! - poderá consultar as seguintes associações que eu sigo via Facebook:

XXS - Associação Portuguesa de Apoio ao Bebé Prematuro
Prematuridade. com
Peek-a-boo ICU

[Imagem 1]

1 comentário:

Timtim Tim disse...

Tive dois partos de termo, mas sou muito sensível à questão da prematuridade. Há pouco tempo, uma pessoa que adoro foi mãe às 24 semanas de gestação. Acompanhei a par e passo a evolução do grande guerreiro. São uns heróis: pais e filhos.